Educação

Estique bem antes de rotina ou prática. Todo mundo tem diferentes níveis de flexibilidade natural ou desenvolvido. No entanto, o que não está no controle é a quantidade de tempo e esforço você está disposto a colocar em ser uma bailarina mais flexível. Você só pode precisar de mais tempo de alongamento do que outros. Isso pode exigir-lhe mostrar-se cedo na academia ou no estúdio para um extra de 15 minutos ou meia hora antes de seus amigos ou parceiros de dança chegar. Cada bailarino pode aumentar a sua flexibilidade, se for determinado o suficiente.

Preste atenção aos seus passos de dança individuais enquanto dançam. Faça uma lista mental dos cargos que fazem críticas construtivas de seu instrutor, instrutor ou treinador. Passos de dança, técnicas e seqüências que fazem você se sentir um estiramento significativo nos músculos também deve ser observado, além daquelas que você tem um desejo pessoal de melhorar como você se tornar mais flexível.



Ficar acordado até tarde. Pratique os movimentos que você observou de novo, olhando-se no espelho e prestar atenção para os músculos e áreas que necessitam de maior flexibilidade, a fim de executar cada posição na postura e na específica forma correta.

Alongar os músculos específicos. É importante prestar atenção para as áreas problemáticas, certificando-se de manter o trecho de uma quantidade adequada de tempo sem estresse ultrapassa os limites até o ponto da dor. A chave para aumentar a sua flexibilidade é levar o seu tempo e ser paciente. Dedique-se a repetir esse processo toda vez que você dançar. Você não pode imediatamente tornar-se mais flexível, mas vai ocorrer de forma gradual, mas em breve, você será capaz de ver melhorias na sua técnica, como se tornar um bailarino mais flexível.