Clinômetro

Os cientistas que estudam vulcões usar uma variedade de ferramentas para medir a inclinação da encosta de um vulcão. O clinometer funciona como um nível de carpinteiro. Como uma das extremidades do clinometer levanta para cima ou para baixo, ele registra essa mudança em incrementos de multa, observando até mesmo a menor mudança na inclinação. Se o ângulo de inclinação aumenta e para o exterior ou para baixo e para dentro, os cientistas podem determinar o status do vulcão, e em que fase de erupção pode vir mais tarde.

Distância de medição eletrônica (EDM)

Dispositivos EDM utilizar um laser para determinar a distância entre a fonte geradora do feixe de laser e um outro ponto. Cientistas usam estes dispositivos destinados a EDM de uma extremidade da boca do vulcão para o lado oposto. Como o vulcão se move através de suas diversas fases de expansão e contração, a boca pode aumentar ou diminuir de tamanho. Conhecendo a largura exata da boca do vulcão e sua taxa de variação pode ajudar os cientistas a prever a próxima fase do vulcão.

Global Position System (GPS) 

Sistemas de Posicionamento Global entraram em nossas vidas diárias através dos sistemas de navegação de veículos e dispositivos móveis, mas eles ainda praticam muitas aplicações científicas, incluindo o estudo de vulcões. Cientistas colocar dispositivos de GPS em pontos específicos na superfície de um vulcão, em seguida, recolher dados de satélite que pode determinar a localização de dispositivos de GPS até alguns centímetros. Se a posição dos dispositivos de GPS mudaram, mesmo minuciosamente, os cientistas podem determinar o tamanho ea expansão ou contração do vulcão. Estes dados podem ajudar a determinar a próxima fase do vulcão.

Sismógrafo

O sismógrafo lugar de destaque no estudo de terremotos, um campo de estudo diretamente relacionada à atividade vulcânica. Como as camadas de mudança da crosta terrestre e colidem, a terra treme visivelmente. Um sismógrafo funciona através da gravação de pequenos movimentos no movimento do solo, indicando a intensidade da atividade sísmica ou "sísmico". Medir a atividade sísmica pode ajudar os cientistas a determinar a volatilidade de um vulcão e ajudar a prever o que pode vir na próxima etapa e com que intensidade.