Tipos

Existem várias técnicas para medir os níveis de ARNm de uma amostra. Cientistas usam a transcrição da polimerase reação inversa cadeia (RT-PCR), Northern blotting ou microarrays.

Função

Em Northern blotting, moléculas de RNA de uma amostra são separados de acordo com seu tamanho, em seguida, transferido para uma membrana, na qual são introduzidas sondas radioativas específicas para certos mRNAs para determinar se suas metas estão presentes. Em RT-PCR, uma enzima (uma proteína que pode catalisar uma reacção) chamada transcriptase reversa é utilizado para fazer uma cópia de DNA dos ARNm presentes na amostra. MRNAs são então copiado usando um processo chamado de reacção em cadeia da polimerase para estimar a quantidade de um tipo específico de mRNA estava presente. Na técnica de microarray, mRNAs são convertidos em DNA pela transcriptase reversa, em seguida, comparado com uma micromatriz, um conjunto de sequências de ADN. A cópia de ADN de as moléculas de RNA se ligar a sequências de ADN que as têm.

Considerações 

Os cientistas continuam a desenvolver novas técnicas para analisar os níveis de mRNA em uma amostra. Os níveis de ARNm são importantes uma vez que indicam se um dado gene é expresso num certo tipo de célula e, como tal gene está activo. Em células de cancro, por exemplo, alguns genes podem ser sobre-expresso em comparação com os mesmos genes em células normais, de modo que o padrão de expressão do gene pode ajudar cientistas encontrar alvos ou na escolha da terapia mais adequada.