Transmitir uma emoção de uma multidão não é uma tarefa fácil. As pessoas dão discursos emocionais para convencer seu público a sentir uma certa maneira sobre um tópico. Um exemplo é um treinador dá um discurso inspirador aos seus jogadores antes de um jogo, ou um elogio comovente por um membro da família durante um funeral. A fim de fazer um discurso emocionado eficaz, oradores públicos têm de manter a atenção do público. Seu objetivo deve ser para planejar não só o que você diz, mas como você diz.

A busca de discursos históricos a ser visto como oradores eficazes como Martin Luther King e John F. Kennedy usado cadência e seus corpos para as emoções do projeto.

Considere o seu público. Um discurso a um grupo de estudantes ateu provavelmente terá uma linguagem muito diferente da de um público de pensionistas no curso da igreja. Escreva uma lista de suas esperanças, fundos culturais públicas e experiências compartilhadas. Pense sobre que tipos de argumentos evocar uma resposta emocional na platéia para que você possa usar gatilhos em seu discurso.



Ele começou seu discurso com uma história emocional. Este gancho o público e enquadrar o resto do discurso. Isto não deve ser envolvido, e pode ser apenas algumas linhas. Por exemplo, Ronald Reagan iniciou seu discurso à nação após o desastre do Challenger em 1986 mencionando o fatal Apollo 1 incêndio que ocorreu há quase duas décadas: "Dezenove anos atrás, quase no mesmo dia, perdemos três astronautas em um terrível acidente no . no chão Mas nunca perdi um astronauta em vôo, nós nunca tivemos uma tragédia como essa, e talvez nós esquecemos a coragem que levou para a tripulação do ônibus espacial ".. Mesmo que não estava centrada na Apollo 1 desastre, introduzindo o seu discurso, com isso, o presidente acionado seus ouvintes para sentir o mesmo choque e tristeza da nação experimentou em 1967.

Desenhe em experiências e imagens compartilhadas para servir como pistas emocionais. Se o público associa um símbolo com uma certa emoção, amarrando a sua ideia com esta associação pode provocar a mesma emoção em seus ouvintes. Semente estes sinais em todo o seu discurso. Em seu discurso, Challenger, Reagan tentou consolar as famílias dos astronautas chocado e disse que os estudantes que tinham olhado com horror para a tragédia explicou na televisão. "O futuro não pertence a os fracos de coração, mas ele pertence ao valente A tripulação do Challenger foi puxar-nos para o futuro, e vamos continuar a segui-los." Suas referências à família e filhos fez o discurso mais pessoal e incentivou o público a pensar sobre o que seria a sensação se tivessem perdido um parente em um acidente.

Contrastando estados emocionais, fazer as pessoas sentirem emoções positivas, então negativo, então positivo novamente. Desta forma, você faz o seu público sentir as emoções de cada fase mais intensa.

Concluindo seu discurso com uma história que termina na emoção que você quer transmitir em geral. Desta forma, o público vai deixar a conversa em que estado emocional. Reagan concluiu seu discurso com uma referência à morte Challenger de Sir Francis Drake a bordo do navio 390 anos atrás, e lembrou a coragem ea dedicação do grande explorador. Para contar essa história, ligou a sacrifícios Challenger tripulação com os de Drake: "Bem, hoje podemos dizer que a tripulação Challenger:. Sua dedicação era, como Drake, completo" Porque as pessoas podem pensar sobre as coisas boas que vieram da exploração do mundo, apesar das tragédias, Reagan deixou o público com a sensação de perda do Challenger não foi em vão.